Marta Temido. Casos estão a diminuir em Portugal, mas ainda vêm aí “semanas difíceis”

Casos têm vindo a descer, mas as dificuldades não vão cessar

0 600

- Publicidade -

A ministra da Saúde, Marta Temido, destacou esta quinta-feira que houve uma redução do número de infeções do novo coronavírus em Portugal, que se deveu ao “esforço significativo” no cumprimento das restrições, mas estimou mais “semanas difíceis” no combate à pandemia.

“Neste momento, a incidência de novos casos de covid-19 começa a cair em Portugal, quer em termos da média a sete dias, quer em termos da média a 14 dias, e isso resultou de um esforço significativo em termos de cumprimento de regras de saúde pública”, declarou a governante, falando numa audição na comissão de Saúde Pública do Parlamento Europeu.

Frisando que, “jamais se pode esquecer a importância das regras de saúde pública e da adesão dos cidadãos à sua boa aplicação”, Marta Temido antecipou ainda mais “semanas difíceis pela frente”.

“E nessas semanas procuraremos fazer o melhor com os nossos serviços de saúde e sei que poderemos contar com as ajudas de vários países”, referiu a ministra.

Com Agência Lusa

- Publicidade -

- Publicidade -

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.