- Publicidade -

Autarquia de Ourém admite assumir reconstrução de casa de irmãos destruída pelas chamas

0 287

- Publicidade -

A Câmara Municipal de Ourém divulgou na sua página oficial da Internet que vai suportar “o custo total” inerente à reconstrução de uma habitação que foi totalmente destruída durante os incêndios que assolaram a União de Freguesias de Freixianda, Ribeira do Fárrio e Formigais.

A habitação, que ficou destruída no incêndio de 12 de julho, situa-se na Aldeia de Santa Teresa, e trata-se de uma casa de primeira habitação onde moravam os irmãos Jorge e Luís Marques,  com o seu pai,  Joaquim Marques.

- Publicidade -

Esta situação gerou uma onda de solidariedade entre a população de Ourém, com a angariação de fundos através de um grupo da rede social Facebook, tendo até ao momento sido angariados mais de 4 mil euros.

Com o pai, Joaquim Marques, a ser transportado para um lar do concelho, os dois irmãos contaram com a boa-vontade da população que lhes disponibilizou após o incêndio local para dormir.

Agora, quase um mês depois da passagem das chamas, a autarquia ouriense admite estar a trabalhar numa “solução legal que permita cumprir os requisitos burocráticos associados a uma operação com estas características”. “Enquanto o processo estiver a decorrer, o Município vai comparticipar a renda da habitação que irá acolher a família Marques, neste período de transição”, lê-se ainda no comunicado.

- Publicidade -

- Publicidade -

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.