“Qualquer tipo de evento que o cliente queira nós proporcionamos”. Luís Martins cria empresa de aventuras em Tomar

Entrevista exclusiva da Tomar TV ao CEO e fundador da T-Experience.

0 1.013

- Publicidade -

A Tomar TV esteve à conversa com Luís Martins, CEO e fundador da T-Experience, empresa de aventura e criação de eventos de Tomar. O empreendedor falou sobre a empresa, os serviços, o impacto da pandemia no negócio e a boa localização da cidade de Tomar.

Primeiramente, questionado sobre em que consiste a sua empresa, Luís não hesitou em explicar: “A empresa é uma evolução da empresa Atividades de Aventura que nós tínhamos desde o ano 2009 dedicada ao paintball e à canoagem. Este ano lançámos a marca da T – Experience que abrange muito mais coisas, ou seja para além das atividades de aventura que continuamos a ter, de paintball, canoagem, jogos tradicionais, canoagem, também fazemos organização de eventos, festas de aniversário, eventos corporativos, ou seja qualquer tipo de evento que o cliente queira nós proporcionamos.”

Já sobre a razão de ter criado agora esta empresa na cidade templária, o empreendedor esclarece que “Não foi criada, já existia, simplesmente estamos a crescer, ou seja, uma evolução, uns passos mais à frente do que nós tínhamos, uma empresa familiar, e devido ao crescimento que temos vindo a ter queremos levar isto para o próximo passo.”

Será Tomar um bom local para este tipo de empresas de aventura e eventos? Luís Martins garante que sim, e aproveita para evidenciar a boa localização do concelho: “Sem dúvida, mais que nada porque Tomar está estrategicamente bem localizada, tanto a nível de eventos corporativos como individuais, está entre Lisboa – Porto, Coimbra perto, Leiria perto, basicamente encontramo-nos no centro. A nível de condições paisagísticas também estamos num sítio adequado devido à Barragem de Castelo do Bode, o rio Zêzere, o Tejo, são envolventes para este tipo de atividades assim como a cidade é propícia para fazer este tipo de eventos.”

Questionado sobre se tem medo do impacto da COVID-19 no seu negócio, o responsável pela T-Experience garante que não: “Todas as empresas podem ter medo, eu não tenho medo, claro que há receio porque é tudo uma incógnita atualmente, mas estou totalmente confiante de que é algo passageiro e assim que se possa fazer alguma coisa penso que será este tipo de atividades a primeira que possa vir a recuperar. Basicamente são atividades de grupo, há sempre os corporativos, mas também podem haver outros grupos mais pequenos que estão propícios e abertos a fazer este tipo de atividades, porque as pessoas estão cansadas de estar fechadas, além de que não são atividades extremamente caras igualmente, por isso é algo que as pessoas podem se deslocar para o interior, são atividades outdoor. Não tenho muito receio e até penso que possa vir a crescer.”

Por último, Luís Martins aproveitou para revelar que está a ser preparado um open-day para dia 1 de maio, com muitas atividades: “Neste momento não podemos operar até dia 19. Estamos a preparar tudo para a abertura. Para a retoma lançámos um open day no primeiro de maio com descida de kayaks no rio Nabão, atividade de paintball à tarde e outras atividades.”

Fique agora com algumas fotos de atividades desenvolvidas pela T-Experience e aproveite para visitar o site da empresa: https://t-experience.pt/

Canoagem junto ao castelo de Almourol.

 

Atividades de paintball.

 

 

Grandes aventuras.

 

 

Open day dia 1 de maio.

 

Luís Martins – CEO e fundador da T-Experience

 

Empresa de aventura e eventos.

- Publicidade -

- Publicidade -

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.