PS de Tomar acusa PSD de recorrer “à má educação e ao insulto”

PS lança comunicado em que "ataca" partido da oposição

0 245

- Publicidade -

Têm surgido, nomeadamente na última semana, algumas polémicas entre o PS e o PSD, em causa está a extensão da rede de fibra ótica nas freguesias, assim como a nova app CTT Comércio Local, recentemente apresentada, o PSD defende que a proposta apresentada pelo PS é igual à que o PSD apresentou antes e que foi recusada.

No decorrer destas polémicas, o PS de Tomar decidiu emitir um comunicado onde acusa o PSD de “tentativas sub-reptícias de envolver autarcas do PS nas suas lutas partidárias”.

“Da presidente do PSD que baralha a sua função de presidente de junta de freguesia com a de líder da oposição, talvez já baralhando também com o de candidata à câmara; de vereadora social democrata, que usa a tática de lançar suspeições infundadas sem alguma vez as ter concretizado junto das instituições próprias, a um ou outro deputado municipal ou outros dirigentes do partido mais anónimos que difundem e partilham nas redes sociais o vasto leque de enganos e falácias, que vão da realidade virtual aos impropérios”, atira o PS relativamente à atuação do PSD nos últimos tempos.

O PS diz ainda no comunicado que o PSD “comporta-se de forma leviana e irrefletida, usando técnicas de comunicação que se baseiam na desinformação e manipulação. Desce à má educação e ao insulto e a estratégias próprias de partidos mais extremados”.

São ainda feitas acusações e críticas relativamente ao site Tomar na Rede: “Trata-se de uma página de um indivíduo, que se tenta disfarçar de comunicação social, com práticas que são vexantes para os jornalistas sérios, uma página que destila ódio, que estimula raiva, xenofobia, misoginia, e as tão faladas notícias falsas, ainda que aqui e ali disfarçando com populistas ‘notícias’ da comunidade. Acresce que, sem qualquer coincidência, promove o PSD, partido do qual até hoje, nunca se ouviu palavra alguma de condenação por tal atuação, sendo até defendida por vários dos seus dirigentes”.

O PS termina o comunicado dizendo: “pelo PS, continuaremos a trabalhar, com serenidade e dedicação, sentindo as reais preocupações dos tomarenses, particularmente nestes tempos difíceis que o país e o mundo atravessam. Nomeadamente, na definição de programas e projetos e na constituição das equipas que os defenderão e executarão. Com total confiança nos autarcas, que na câmara e assembleia municipais, juntas e assembleias de freguesia, desempenham em nome das populações trabalho no concelho, prevê-se para março a aprovação formal dos primeiros cabeças de lista pela Comissão Política Concelhia”.

Imagem retirada do site Ephemera

- Publicidade -

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.