Escolas fechadas. 10 dicas para os pais.

0
- Publicidade -
TomarTV

As escolas estão de portas fechadas mas isso não é sinónimo de férias para as crianças e adolescentes que se encontram em ‘isolamento social’.

É preciso estudar à distância, numa rotina que exige mais disciplina. Seja a rever matéria e a fazer exercícios, a ter aulas online ou a consultar plataformas educativas, como o Ensina, que tem acesso livre a milhares de conteúdos digitais. Neste momento inédito, em que todos temos as vidas suspensas, o Ministério da Educação deixa conselhos aos pais.

As aulas nas escolas estão suspensas e dois milhões de alunos em casa. A pandemia da Covid-19 impôs esta pausa forçada para evitar ao máximo a propagação do vírus, mas o verbo estudar deve continuar a ser conjugado à distância, com disciplina e pais vigilantes.

O Ministério da Educação recomenda que os horários escolares sejam cumpridos, os trabalhos diários dos alunos, acompanhados e, as dúvidas, caso apareçam, identificadas e transmitidas aos professores. Num vídeo lançado a 16 de março, primeiro dia do encerramento oficial das escolas, a tutela pede também aos pais para promoverem outras atividades durante este período inédito, como fazer exercício físico, visitar exposições virtuais e ler livros. Aproveitar para que “haja muita leitura”, sublinha. Aqui ficam os 10 conselhos dirigidos aos encarregados de educação:

- Publicidade -
  1. Garanta que o horário que a escola estabelece é cumprido,

 

  1. Pergunte todos os dias o que foi feito,

 

  1. Verifique se todos os trabalhos propostos foram realizados,

 

  1. Ajude a identificar as dúvidas para colocar aos professores,

 

  1. Mantenha contacto com os professores e com os diretores de turma,

 

  1. Lembre-se que os alunos não estão de férias,

 

  1. Aproveite os tempos livres entre as aulas para que haja muita leitura,

 

  1. Aproveitem para visitar museus e exposições virtuais,

 

  1. Pratiquem atividade física em casa,

 

  1. Quando não conseguir ajudar, peça ajuda.

Para estas aulas à distância, o Ministério da Educação informa ainda que “a Direção- Geral da Educação (DGE), em colaboração com a Agência Nacional  para a Qualificação e o Ensino Profissional (ANQEP), construiu um novo site, que reúne um conjunto de recursos para apoiar as comunidades educativas na utilização de metodologias de ensino a distância, entre várias outras ferramentas e informações”.

 

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here