- Publicidade -

Barragem de Castelo de Bode com restrições na produção de eletricidade

0 355

- Publicidade -

Devido à seca que se faz sentir em Portugal continental, o Ministro do Ambiente João Matos Fernandes restringiu o uso de várias barragens para produção de eletricidade. 

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera, há “80% de probabilidade”  de que 2022 seja um ano seco. 

- Publicidade -

João Matos Fernandes e a Ministra da Agricultura Maria do Céu Antunes deram em conjunto uma conferência de imprensa, após reunião da comissão de acompanhamento da seca, onde apresentaram as previsões do IPMA, dizendo ainda que para fevereiro não há expectativas de que a situação se venha a inverter, mas março e abril poderão trazer alguma esperança nas mudanças meteorológicas, embora ainda não seja certa esta informação. 

Esta seca e a falta de chuva que se faz sentir é um problema que tem vindo a afetar diversas áreas, nomeadamente na agricultura e turismos náuticos. 

Até agora, quatro barragens foram afetadas com estas restrições, de não poderem usar a água para produção de eletricidade, nomeadamente a de Alto Lindoso e Touvedo em Viana do Castelo, Cabril em Castelo Branco, e a Barragem de Castelo de Bode no distrito de Santarém. Neste momento só é permitido o uso de água para produção elétrica, cerca de duas horas por semana, garantindo assim os valores mínimos. 

- Publicidade -

- Publicidade -

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.