ÚLTIMA HORA: Município de Ourém desmente origem da poluição em Tomar

0
- Publicidade -

A Câmara Municipal de Ourém publicou hoje no Facebook um post de “prova” que a origem da poluição no Nabão não é a ETAR de Seiça.

Veja aqui o vídeo: 

O Município escreve ainda que:

“No seguimento da pluviosidade abundante que se tem vindo a registar no concelho de Ourém, a Equipa de Fiscalização dos Serviços de Ambiente e Sustentabilidade efetuou uma ação de monitorização à qualidade do Rio Nabão.

Os serviços camarários percorreram o local e verificaram que em todo o percurso, quer a Ribeira de Seiça, quer o Rio Nabão apresentam os respetivos leitos limpos de poluição conforme é visível no vídeos registados ao longo do percurso e no local de descarga.
A cor escura verificada no local da descarga da ETAR de Seiça deve-se à diferença de densidade das águas. A água da ribeira é mais densa devido à presença de sólidos decorrentes da elevada pluviosidade registada nos últimos dias, enquanto a água limpa proveniente da descarga da ETAR é menos densa, criando um efeito visual que pode levar à ideia errada da saída de águas não tratadas. O momento registado no vídeo foi efetuado na presença de elementos da GNR.

Não foi ainda detetada presença de qualquer odor ou cor anormal para este tipo de água. Nos pontos de descarga da ETAR, a água apresenta-se limpa, sem presença de sólidos e espumas.”

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here