Nove bombeiros feridos nos incêndios de Abrantes e Tomar

0
- Publicidade -
TomarTV

Há sete meios aéreos no combate às chamas. Estrada que liga a Matrena à Portela está cortada.

Foi uma tarde infernal nos concelhos de Tomar e Abrantes. Dois incêndios distintos lavraram nos concelhos da região do médio Tejo.

Em Tomar, mais de 200 operacionais estiveram no terreno no combate às chamas que tiveram início na freguesia de São Pedro e que, pouco depois, dispersaram-se até à freguesia de Asseiceira. Houve, no total, oito meios aéreos envolvidos no combate, mais de 40 viaturas de apoio e duas estradas foram cortadas entre Linhaceira e Santa Cita. Registo ainda para um anexo da fábrical de papel da Matrena que foi consumido pelas chamas.

Uma bombeira, que combatia este incêndio, acabou por ser transportada para o hospital de Abrantes após uma queda.

- Publicidade -

No concelho vizinho, as chamas lavraram na localidade de Tramagal. Oito bombeiros e um civil acabaram por sofrer ferimentos (três deles graves) e foram assistidos e transportados para o hospital ede Abrantes devido a várias queimaduras. Dois foram depois transferidos para a unidade de queimados do hospital de São José, em Lisboa, e outros dois para o hospital da Prelada, no Porto.

Os dois incêndios já foram controlados e encontram-se em fase de resolução.

Outros incêndios lavraram no resto do distrito, nos concelhos de Salvaterra de Magos, Constância, Alcanena, Cartaxo, Torres Novas, Rio Maior, entre outros.

 

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here