Fotogaleria. O claustro da hospedaria depois da rodagem do filme

0
- Publicidade -
TomarTV

Imagens inéditas captadas por um cidadão onde se vê o aparato de sujidade no Convento de Cristo.

As imagens foram publicadas no Facebook por António Pires e mostram o claustro da hospedaria (junto à janela do capítulo) no dia seguinte às gravações do filme “O homem que matou Dom Quixote”.

Nas fotografias, acompanhadas pelo texto “uma pequena amostra do que a imbecilidade permitiu no Convento de Cristo em Tomar”, é possível testemunhar o rasto de sujidade e destruição que dominou um dos conhecidos claustros do Convento de Cristo, monumento classificado pela UNESCO como Património da Humanidade. Durante a rodagem do filme, foi acesa uma fogueira com vários metros de altura, sustentada por dezenas de garrafas de gás propano.

Veja aqui as imagens, publicadas por António Pires:

- Publicidade -

Fotogaleria. O claustro da hospedaria depois da rodagem do filme

Fotogaleria. O claustro da hospedaria depois da rodagem do filme

Fotogaleria. O claustro da hospedaria depois da rodagem do filme

Fotogaleria. O claustro da hospedaria depois da rodagem do filme

Fotogaleria. O claustro da hospedaria depois da rodagem do filme

Fotogaleria. O claustro da hospedaria depois da rodagem do filme

(Imagens publicadas no Facebook da António Pires)

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here