Assalto ao Exército. Granadas e munições desaparecem em Tancos

0
- Publicidade -
TomarTV

Dois paiolins arrombados. Material de guerra foi roubado ao Exército na base militar de Tancos, concelho de Vila Nova da Barquinha.

O Exército confirmou um assalto na base militar de Tancos esta quinta-feira, concelho de Vila Nova da Barquinha, onde foi roubado material de guerra.

Em causa está o desaparecimento de granadas de mão e balas de calibre nove milímetros, na sequência do arrombamento de dois paiolins, os locais fortificados onde os militares guardam explosivos e munições, de acordo com o Público, que cita um comunicado oficial.

“Os incidentes foram detectados por uma ronda móvel, elemento do sistema de segurança dos paióis”, cita o jornal. A Polícia Judiciária Militar “tomou conta da ocorrência” e vai investigar no sentido de apurar responsabilidades e localizar o material de guerra roubado. A Polícia Judiciária e o Ministério Público também foram notificados, acrescenta.

- Publicidade -

Em Bruxelas, o ministro da Defesa Nacional, Azeredo Lopes, considerou o caso como “grave”. No entanto, o governante disse não ter “uma noção exata” da quantidade de material roubado. “Quando se furtam granadas, não pode por definição ser para boa coisa”, acrescentou.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here