Fotogaleria: Veja o que ainda resta da fábrica de Porto de Cavaleiros

0
- Publicidade -
TomarTV

Em tempos, Porto de Cavaleiros acolheu uma das principais indústrias de Tomar. Nesta fábrica fez-se papel para notas e passaportes.

Em 2000, a freguesia da Pedreira ficou mais pobre: a fábrica de Porto de Cavaleiros fechou portas. Na altura, a imprensa regional noticiava os salários em atraso dos cerca de 200 trabalhadores, bem como a tentativa de venda deste ativo para pagar as dívidas. Tal como muitas outras fábricas, a de Porto de Cavaleiros atravessou bons e maus momentos.

Houve alturas em que não havia mãos a medir para a quantidade de trabalho, e chegou mesmo a haver uma parceria com a fábrica de papel da Matrena. O nome? IPT, “Industria de Papel de Tomar”.

Passados 17 anos, as imagens falam por si. Pouco resta para além de ruínas e do risco ambiental que os resíduos ali deixados ainda hoje representam. Veja por si: abaixo, a fotogaleria de Orlando Oliveira desvenda o estado de destruição, fruto, em grande medida, do vandalismo

- Publicidade -

Fotogaleria: Veja o que ainda resta da fábrica de Porto de Cavaleiros

Fotogaleria: Veja o que ainda resta da fábrica de Porto de Cavaleiros

Fotogaleria: Veja o que ainda resta da fábrica de Porto de Cavaleiros

Fotogaleria: Veja o que ainda resta da fábrica de Porto de Cavaleiros

Fotogaleria: Veja o que ainda resta da fábrica de Porto de Cavaleiros

Fotogaleria: Veja o que ainda resta da fábrica de Porto de Cavaleiros

Fotogaleria: Veja o que ainda resta da fábrica de Porto de Cavaleiros

Fotogaleria: Veja o que ainda resta da fábrica de Porto de Cavaleiros

Fotogaleria: Veja o que ainda resta da fábrica de Porto de Cavaleiros

Fotografias de Orlando Oliveira.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here