Torres Novas. Homem agredido após filmar poluição junto a uma fábrica

0
- Publicidade -
TomarTV

Um ambientalista terá sido agredido por filmar a poluição junto a uma fábrica em Torres Novas.

Arlindo Marques, do movimento SOS Tejo, queixa-se de ter sido agredido como represália por denunciar alegados problemas ambientais no rio Tejo e afluentes. O caso aconteceu em Torres Novas e a notícia foi avançada pela agência Lusa.

O homem de 50 anos alega que o seu carro foi abalroado esta segunda-feira em Torres Novas pelo filho do dono de uma fábrica torrejana. Segundo a Lusa, este último seguiria numa outra viatura onde estaria também o proprietário da mesma instalação industrial. Pouco tempo antes, o homem de 50 anos estaria a filmar a poluição na ribeira da Boa Água, na vizinhança daquela fábrica.

A informação foi confirmada por fonte da PSP de Santarém. Em declarações à agência Lusa, Arlindo Marques garante ter sido “agredido no peito pelo dono da fábrica e alvo de tentativa de linchamento pelo seu filho”. O ambientalista já terá apresentado queixa às autoridades.

- Publicidade -

Imagem ilustrativa, por Wikimedia Commons.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here