Conhecem o Gonçalo? (Opinião)

8
- Publicidade -
TomarTV

Graça Costa. “Nesta aldeia global, onde vale tudo menos tirar olhos, não é por ser com miúdos que este Masterchef não tem todos os defeitos que encontramos nos adultos.”

Conhecem o Gonçalo?

Pois se calhar não, se calhar sim, ou se calhar talvez, porque “Gonçalos” há muitos.

Mas, deixemo-nos de suspense e vamos ao que interessa.

- Publicidade -

Este Gonçalo é um garoto com uma dezena de anos de vida e saltou para a ribalta dos média pela sua participação no Masterchef Júnior.

Este Gonçalo é uma criança, mas tem uma postura e traços de comportamento que nos fornecem imensa matéria para reflexão.

Este miúdo, como tantos outros miúdos da idade dele gosta de cozinhar, candidatou-se, obviamente com ao apoio dos pais, e entrou no mais famoso reality show de culinária do mundo, versão Tuga.

Até aqui tudo bem – podemos gostar ou não do formato do programa, dos Chef escolhidos, do tio Goucha a apresentar a coisa, mas são miúdos a cozinhar e isso faz toda a diferença, para além de cativar a atenção de gente de todas as idades. Passa obviamente em horário nobre e tem níveis de audiência elevadíssimos.

Nesta aldeia global em que vivemos, onde vale tudo menos tirar olhos, este Masterchef, não é por ser com miúdos que não tem todos os defeitos que encontramos nos adultos. Aliás, posso mesmo afirmar que por ser com crianças, faz com que tenhamos um outro crivo de avaliação.

Longe vai o tempo em que tudo o que era pequenino era engraçadinho, como dizia o povo.

Nos dias de hoje, o pequenino rapidamente adquire contornos perversos e completamente assustadores pelo requinte da crueldade. Aqui, neste concurso a competição é acesa, feroz mesmo, e como os miúdos ainda não possuem os requintes de malvadez dos adultos quando estão a sacanear os colegas, as malformações de carater são mais visíveis. Diria mesmo que são ostentadas com orgulho o que ainda é mais preocupante.

O programa do dia 29 de Maio, já a sério, porque a eliminar revelou o melhor e o pior de todos os concorrentes e este Gonçalo saiu-me pior do que encomenda. E, não me venham dizer que são crianças e tal, que a pressão é muita, porque não compro essa e recuso-me a aceitar esse tipo de argumentação.

Aquelas crianças que ali estão vêm de diferentes proveniências sociais e demonstram carácter ou falta dele, tanto na forma como se dão entre si, como pela forma como abordam a sua participação no programa.

Este miúdo Gonçalo é bom cozinheiro, tecnicamente provavelmente um dos melhores (aliás, ostenta com particular vaidade o seu domínio do vocabulário culinário mais “gourmet”), tanto, que numas das provas, por ter tido um dos pratos mais votados, conquistou o grau de “chefe de equipa” numa prova de grupo.

Aí, começou logo a revelar-se, no pior sentido do termo — meteu os pés pelas mãos repetidamente na forma de organização do trabalho da sua equipa, da qual ele era responsável, e nem por um segundo demonstrou a humildade de perceber que estava a agir mal, remetendo para os outros os erros cometidos. Não foi, de todo, um líder, mas sim um chefe/patrão, déspota e convencido, que apenas mandou e nem isso conseguiu fazer bem. Não saiu daquele episódio com o seu estatuto reforçado junto dos colegas, muito pelo contrário, mas como todos são bons cozinheiros, a sua equipa acabou por ganhar o desafio e ficaram por isso isentos da prova a eliminar.

E foi aí, na prova a eliminar que o Gonçalinho assistiu de “camarote”, que a “estrela “ se revelou.

Do alto da varanda onde apreciava o desempenho dos outros colegas “ajudou” claramente um dos meninos em prova a espalhar-se ao comprido, algo que não passou despercebido nem ao júri nem a alguns colegas, que não conseguiram conter as lágrimas ao perceberem a estratégia do rapaz.

Moral da história — o concorrente que ele tão gentilmente ajudou foi eliminado mas demonstrou uma enorme nobreza de carater quando ao ser questionado pelo júri sobre a “ajuda” que recebeu do “amigo” — propositadamente errada, disse humildemente que tinha sido ele a pedir ajuda porque não se sentia muito confortável com sobremesas. O bom do Gonçalo continuou a achar que tinhas feito tudo bem e “por bem”. 

Este menino abandonou a competição mas é um menino com tudo para um dia voltar, se lhe apetecer, porque moralmente é uma pessoa com alicerces.

Já o Gonçalo, até pode vir a ganhar o Masterchef Júnior, mas falta-lhe crescer muito para ser um ser humano com maiúsculas.

Eu sei que estes programas são concursos e logo a componente competitiva terá sempre que existir, mas quando o público-alvo são crianças em fase de estruturação da personalidade a componente pedagógica, relacional e interpessoal tem que ser prioritária, senão apenas estaremos a contribuir para que a selva em que vivemos, onde não se olha a meios para atingir os fins e a competição desenfreada é a estrela da companhia, se adense de forma incontornável e irreparável.

Nada me move contra o miúdo Gonçalo, mas para seu bem, era desejável que alguém o ajudasse a antes de tudo ser um bom ser humano – o ser-se bom profissional vem depois e quando o primeiro não existe, o segundo será sempre um ídolo com pés de barro.

São crianças, eu sei…mas por isso mesmo o cuidado com os comportamentos moralmente reprováveis merecem um cuidado acrescido. Afinal elas serão os “chefes”, de cozinha ou de outra coisa qualquer, de amanhã.

Termino com uma reflexão que não é minha mas merece ser lida com toda a atenção.

Ora vejam :

“Muitos pais estão preocupados com o fato de seus filhos serem hiperativos, possuírem déficit de atenção, necessitando de um cuidado médico-psicológico especial. O que eu tenho observado é que a maioria dessas crianças são, na verdade, mal educadas, apesar de bem criadas. Criar uma criança é fácil, basta satisfazer-lhe as vontades. Educar é mais trabalhoso. Trata-se de prepara-la para viver saudavelmente em sociedade, o que significa que não basta ser inteligente, a criança precisa ter ética.”   Içami Tiba.

Está tudo dito… quando isto for levado a sério, muitos dos “Gonçalos” deste mundo deixarão de aparecer, para bem deles e da sociedade como um todo.

Artigo não escrito ao abrigo do acordo ortográfico.

Graça Costa
Socióloga

- Publicidade -

8 COMENTÁRIOS

  1. Graça Costa ( socióloga) acho realmente interessante que a senhora tenha este episódio como objecto de estudo , pois faz parte da sua especialidade profissional dedicar toda atenção a casos como este … Mas o que a senhora Não sabe é que o Gonçalo foi apanhado numa armadilha , que com a sua ingenuidade , e pouca experiência de vida não se apercebeu !.. Este menino tudo fez para ajudar o colega , pois faz parte da sua boa índole a cooperação e a verdade , mas perante más intenções alheias foi acusado falsamente por outra colega ( que durante todo o percurso o persegue e mal trata , pois deve considerar o Gonçalo o seu principal adversário ) e foi , manipulado pela produção , que até legendas desadequadas coloca para criar a acusação bastante ofensiva !!! O menino está a ser acusado pelo que Não fez , e a passar por quem Não é !!! Este menino que na infância já passou por vários episódios desagradáveis de ” bullyng ” , está agora envolvido num muito mais grave e com uma exposição nunca imaginada !! Este menino , às custas deste programa , que se tornou a pior experiência da vida dele e da sua família só tem perdido . Perdeu as últimas semanas de aulas , onde faltou a todos os testes finais de ano lectivo , tinha toda a escola a duvidar dele , a acusa-lo doque não fez , perdeu a sua conta pessoal do facebook , por denúncia , recebeu mais insultos e ofensas doque a maior parte das pessoas numa vida inteira , e repito ; POR MALDADE E CALÚNIA !!!! Não sei se o seu motivo de estudo e preocupação deveria ser o Gonçalo ou as más intenções dessa preversa dita colega e a produtora ávida de audiências que só se associa ao pior e não mede meios para alcançar os fins !!!!
    Esta produtora que trabalhou com as crianças durante 3 meses , e a quem os pais entregavam os meninos , nunca nada falou acerca deste ou de outro episódio mais estranho , pelo contrário , a nós pais eram só elogios , e esta menina ( que a meu ver fez bulling do pior ao Gonçalo) iam jantar juntos todos os dias como amigos , pelo menos era o que ele pensava , esta menina ( criança ) também até o ameaçou com um Xacto que estava á mão , não sei o que pode dizer quanto a tudo isto também ….
    Esta produtora que ficava encarregue de cuidar dos meninos durante as longas horas de trabalho , um dia , com todos cansados imagino eu , até bateu no Gonçalo com grande cachaço , violência .
    Outra coisa Horrível , é quando põem em questão os afectos do menino , quando ele que tem uma personalidade realmente diferente , mas continuo a afirmar Positiva , não quer ir a correr dar abraçinhos a quem não conhece , e eles tanto valorizam !… Quantos meninos Normais e saudáveis não gostam de dar abraçinhos e beijinhos a quem não conhecem ?!!… Será isto tão importante enfatizar num programa de talentos culinários ??… Já reparou na má fé da edição do programa , quando na saída do Francisco colocarem logo a seguir uma imagem do Gonçalo a sorrir ( quando esta imagem Não corresponde a este tempo mas sim é de um momento anterior ….. Graça Costa , tem que questionar melhor o que a televisão passa , pois há muita mentira e manipulação

  2. Se repensar também vai reparar que como diz ” o Gonçalo mete os pés pelas mãos na prova de equipa ” Mais uma vez , esta menina passou o tempo todo a falar mal dele pelas costas , e toda a equipa boicotou a sua liderança . Ninguém estava disponível para o ajudar . Mesmo quando ele quis fazer as amêijoas á sua maneira e não como sugeria a receita , ele foi acusado do pior . Certo é que mmo com tudo isto , ele levou a sua equipa á Victória !!!!
    Já quando esta sua colega foi capitã , até diz ” que ninguém imagina a pressão que é ” , continua a presseguir e humilhar o Gonçalo . Ex : acusa o menino de ser muito lento na salada de fruta , acusa ele não querer trabalhar 🙂 e quando o chef Miguel lhe chama atenção para a organização , ela vai imediatamente ter com ele para mais uma vez o atacar e acusar de falta de limpeza ( ridículo)
    Por fim , quando uma cliente por fim , lhe pergunta quem fez a salada de fruta , ela imediatamente diz” fui eu e o Kiko” …. É Muito MAU !!!!
    Esta menina encontrou o terreno ideal para florhescer !! Intriga , ambição , deslumbramento , maldade !!!
    Este menino tem família , tem amigos , quem realmente o conheçe gosta Muito dele; e este programa tornou-se uma Vergonha e motivo de grande desagrado e desconforto para todos que veem e sabem a porcaria e horror que criaram !!
    Realmente Muito Muito grave é por tratar-se de crianças , e no caso do Gonçalo espero não ter repercussões graves para o seu futuro !… Ele sabe quem é !.. E a família dele também
    O que esta Televisao tvi , que se está aproveitar de um menino bom e bem educado para se armar em pedagógica , onde só apresenta programas sem nenhum nível intelectual ou cultural … É ideondo e um horror nacional !!!
    Muito feio e grave !!! E repito Não é o Gonçalo que mereçe estudo , mas sim esta sociedade podre e sem escrúpulos e princípios !!!!…

  3. Se calhar também não sabe , que esta menina que tanto chorou pelo horror que ” viu ” o colega Gonçalo” fazer” ao seu colega Francisco ( ou seja , o que ela inventou) agora Ri ao ver o que Portugal está a falar do Gonçalo … Muito preverso para quem se diz tão incomodada com injustiças !!!!
    Se pensar a estratégia dela para vencer foi , ou chorava , ou dizia Mal do Gonçalo!
    O Mal é que venceu mesmo pois esta produtora é podre e só valoriza a podridão … Enganados fomos nós , que pensamos levar o nosso filho para algo positivo e de valor !…
    Só em Portugal é que este programa de formato internacional , valoriza mais as tricas e intrigas e menos o talento para a culinária !!!… Tudo ERRADO

  4. Se tiver oportunidade vá ver a filmagem desta rapariga Maria como se dirige ao Gonçalo quando ela é chef de equipa , e se aqueles toques que ela lhe dá no braço , a reclamar por limpeza é algo normal ou saudável ????…. Acordem Gente , a televisão é algo realmente manipulador .. Pensem fora da caixa …. Mais Amor por favor !!!!!!!

  5. Imagine se Bulling ou cyberbulling é tão grave a nível de uma escola , imagine a nível de um pais ??!..
    Nao há muitos Goncalo’s !! Pode ter a certeza .. Se assim fosse o nosso mundo era bem melhor !!..

  6. Bom dia Dª Claudia. Permita-me em primeiro lugar dizer-lhe que o facto de eu ser socióloga, não quer dizer que tudo o que escrevo tenha sido objecto de um estudo. Trata-se apenas de um artigo de opinião, acerca do que a televisão mostrou ao país.
    Um estudo, envolve ter acesso a informações e dados que não possuo , mas como cidadã tenho toda a legitimidade para dar opinião sobre o que observo.
    Muito do que diz é pertinente, até porque , pelos vistos tem dados que nenhuma das pessoas que acompanham o programa como espectadoras possuem e se me permite uma modesta opinião como mãe, se um filho meu estivesse a ser objecto de abuso psicológico num programa de televisão, em primeiro lugar tirá-lo-ia de lá de imediato e em segundo lugar denunciaria o facto.
    Aliás o que refere remete para uma outra situação muito relevante e que já abordei diversas vezes em contextos diferentes – as televisões vivem de audiências e infelizmente em muitos casos as audiências conseguem- se com polémicas.
    A senhora parece-me ser uma pessoa próxima do Gonçalo e legitimamente defende o menino. Faz o que qualquer mãe, familiar ou amiga deve fazer, mas se o Gonçalo tem as características de personalidade que refere, deveria ter sido ponderada pelos adultos que o acompanham a participação num concurso com estas características que é de uma violência emocional enorme e de uma competição absurda, tanto mais porque se trata de crianças e como sabe elas sabem ser muito cruéis.
    O Gonçalo é um magnifico cozinheiro, disso ninguém tem dúvida, mas se calhar não tem o perfil psicológico mais compatível para uma exposição mediática desta natureza.
    Por outro lado , se como refere o menino tem sido vítima de Bulling e /ou cyberbulling, se calhar deveria ter sido preservada e sua integridade e não deveria ter ido para um concurso com estas características.
    Provavelmente nesta altura as gravações do programa já terminaram – pelo que li dos seus comentários foram 3 meses psicologicamente traumáticos para o Gonçalo.
    Será que valeu a pena?
    Os nossos filhos merecem crescer em paz e fama a qualquer preço, por vezes tem um preço muito alto.
    Peço desculpa, mas neste caso, se alguém deve ponderar muita coisa, são os familiares do Gonçalo que permitiram que ele fosse exposto desta forma.
    A manipulação das imagens , a existir , não deveria ser novidade para quem acompanha reality-shows – todos vivem do mesmo – não podemos é deixar que os nossos participem e se ponham a jeito, sobretudo porque não têm nem idade nem maturidade para lidar com aquela pressão e os produtores do programa, estão-se nas tintas para isso.
    Filho meu, não participaria nunca numa coisa daquelas , por muito bom que fosse.
    Filho meu , com essa idade não teria Facebook, porque ao saltar para a ribalta como aconteceu com ele, não tem as defesas emocionais para lidar com aquele tipo de pressão mediática. Mas isto é apenas a minha opinião , que vale o que vale.
    Fico grata pelos seus comentários, obviamente plenos de emotividade, própria de quem é próximo da criança em causa, mas o facto é que as imagens existem e os espectadores formam opiniões a partir do que observam. Mais uma vez reforço, que se considerarem que houve manipulação e a criança foi objecto de violência psicológica, devem agir contra o canal e contra a produtora . Eu fá-lo-ia.
    Eu sigo o programa com atenção e provavelmente voltarei a escrever sobre ele. Tem muita coisa nele que me incomoda.
    Obrigada pelos seus contributos.

  7. Não deixa de ser paradoxal a Senhora que vem defender o Gonçalo da infâmia do cyber-bullying, destruir por completo o carácter de outra das meninas sujeita a este espectáculo mediático.

    É hediondo falar mal do rapaz, que nitidamente não teve uma educação feliz, mas já se justifica falar mal dos outros…?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here