Via-Sacra na Vila Medieval de Ourém

0
- Publicidade -
TomarTV

A Vila Medieval de Ourém acolheu a Via-Sacra, uma tradição de referência e ex-líbris turístico da região.

Considerada, a nível nacional, como uma das encenações religiosas mais bem conseguidas, a Via-Sacra – ponto alto das celebrações da Semana Santa em Ourém – deu novamente provas que tem fé para continuar, o que se comprovou com a presença de centenas de pessoas na Vila Medieval na Sexta-Feira Santa. Uma tradição que se repete desde 1999 e que é já referência da vivência religiosa e também ex-líbris turístico da região.

Com orações e cânticos religiosos, as 14 estações da Via-Sacra são recriadas tal como indica o relato bíblico: é julgado e condenado à morte; sofre três quedas; encontra a mãe; conforta as mulheres de Jerusalém e morre crucificado.

À semelhança do teatro grego, existe um narrador que, em cada estação, faz a explicação do que se passa. Com cânticos religiosos e orações em cada estação da Via-Sacra, a encenação inclui ainda alusões a tradições locais.

- Publicidade -

Nesta edição repetiu-se, à semelhança de anos anteriores, ‘a procissão do Senhor Morto’ para a Igreja da Colegiada. Envolvida num cenário de silêncio e comoção, a imagem de Jesus desce até à Colegiada. À luz dos archotes, os figurantes seguem à frente para a Procissão do Enterro, numa impressionante demonstração da respeitosa religiosidade que marca pela sua solenidade e simbolismo.

O cortejo decorre num ambiente pesado: os fatos de carregado luto dos seus personagens, as cores dominantes – o preto e o roxo -, as alfaias e paramentos utilizados, o tom fúnebre das peças executadas pela banda que encerra a procissão envolvem tudo e todos, quem participa e quem assiste, numa comovida tristeza de profundo e contagiante pesar, havendo mesmo pessoas que não conseguem conter a emoção.

No final, o corpo é levado para a igreja, onde é feita a adoração do Senhor Morto.

O som do caixão a fechar é o ponto final, representando a colocação de Jesus no sepulcro.

via-sacraVMOurem

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here