Capicua e Márcia em Torres Novas no Virginia

0
- Publicidade -
TomarTV

Nova temporada do Teatro Virgínia traz Capicua e Márcia a Torres Novas.

A programação tem início a 12 de setembro com o concerto da 10.ª edição do EJIT – Estágio para Jovens Instrumentistas Torrejanos, do Choral Phydellius. Ainda na música, destaque para a Orquestra Filarmonia das Beiras numa junção com o grupo Danças Ocultas (26 de setembro), Lavoisier (que dialogam com os fotógrafos Augusto Brázio e Nelson D’Aires, a que se juntam os participantes na master class de fotografia) a 17 de outubro, Capicua (a 31 de outubro nas comemorações do 59.º aniversário do Teatro Virgínia), o espetáculo Musíada do Choral Phydellius (21 de novembro) e Márcia, com o seu álbum Quarto Crescente a 28 do mesmo mês.

Cumprindo em 2015 a sua 7ª edição, o Festival Materiais Diversos, projeto financiado pelo Governo de Portugal/Secretário de Estado da Cultura – DGArtes e pelos Municípios de Alcanena, Torres Novas e Cartaxo, regressa em setembro. Nesta edição o Teatro Virgínia acolhe o espetáculo Méduses, com direção e coreografia de Vincent Glowinski, a 17 de setembro, e a peça de teatro By Heart, de Tiago Rodrigues, no dia 19.

Ainda no teatro, Elmano Sancho apresenta Misterman, um monólogo a partir da obra do premiado dramaturgo Enda Walsh, a 3 de outubro. No dia 30 do mesmo mês Parece um Pássaro, a partir do livro de David Machado, para crianças dos 3 aos 9 anos. Al Pantalone, um texto de Mário Botequilha pelo Teatro Meridional a 12 de dezembro. Na dança, destaque para o espetáculo A Tecedura do Caos, de Tânia Carvalho, no dia 14 de novembro.

- Publicidade -

Indo ao encontro dos mais diversificados interesses culturais do público, mas também das mais diversas faixas etárias, a próxima temporada do Teatro Virgínia traz também uma ampla agenda de espetáculos e atividades para os mais novos através do seu Serviço Educativo/Lab Criativo. Em outubro é retomado o trabalho do Grupo Juvenil de Teatro do Virgínia e são lançados desafios na formação teatral com crianças e séniores através da criação de dois novos grupos. Destaque ainda para As Linhas de Newton (maiores de 12 anos) de Aldara Bizarro, no âmbito da programação regular Materiais Diversos, Parece um Pássaro de Raimundo Cosme (3 aos 9 anos), A Preto e Branco, um Risco Amarelo de Joana Capucho (dos 6 meses aos 3 anos), e ateliers a partir do livro Atividário de Teatro, cuja edição foi apoiada pelo Teatro Virgínia e uma oficina de comedia dell’arte.

De relembrar que a bilheteira do Teatro Virgínia, que reabre na próxima terça-feira, dia 8 de setembro, funciona de terça a sexta das 12 às 19h e ao sábado das 15 às 19h. Em dias de espetáculo encerra 30 minutos após o início do mesmo. Para mais informações contacte através do telefone 249 839 309 ou do email bilheteira@teatrovirginia.com.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here